sábado, 20 de agosto de 2011

Gatos malditos

eu estava na casa a minha tia, lá tinha um gato com a pelagem meio parecendo onça pintada, e ele grudou no meu braço, quanto mais eu tentava tirá-lo de mim, mais ele me furava com suas unhas e dentes, saí com a mão toda machucada, indignada, irritada, e me perguntando se ele era vacinado, se eu ia ficar doente por conta das mordida

ai outro belo dia voltei na casa da minha tia, e tinha outro gato, que parecia mais dócil. ele também grudou no meu braço, mas ele não mordia, e fiquei fazendo carinho nele conforme instruções da minha tia, mas ainda meio desconfiada devido ao outro episódio. Ai o gatinho me levou até a garagem e me mostrou um pacote de ração que queria que eu abrisse, não sei pq mas eu não podia abrir, e não abri. Ai o maldito começou a me machucar denovo, ele estava sendo falso só pra conseguir a ração! Ai consegui me desvencilhar, o gato sumiu, eu sai, fechei a porta e fugi daquele lugar, e chamei minha mãe pra ir embora comigo, mas como ela demorou resolvi ir na frente e ja entrar no carro onde o gato assassino não poderia me pegar, e já ligar o carro pra quando minha mãe chegasse só arrancar.

Ai entrei no carro, liguei, e quando isso aconteceu, o carro começou a descer, descer velozmente, o freio não funcionava e tinha uns barbantes dentro do carro que fazia parte da armadilha.

O fdp do gato tinha sabotado meu carro! depois ele me pegou e começou a chupar meu sangue com as unhas, se deliciando com ele. (gato vampiro, oi?)



Gente, e eu cruzo com um hoje é capaz de chutar até matar.

**cat protectors, não surtem, é  lógico que eu não faria isso!