quarta-feira, 6 de julho de 2011

eu odeio meu cabelo


Verdade que eu acho que combina muito mais comigo cabelo enrolado do que liso, nem gosto quando faço escova, também é verdade que depois que eu mudei o corte melhorou MUITO, e que quando há paciência pra arrumá-lo (e ele não tá de cu virado), fica até bonito, mas ainda assim é fato: eu detesto meu cabelo.

Detesto que ele é seco e sem brilho e cheio de volume, e que pra deixar ele minimamente decente eu tenho que pentear molhado e usar um monte de leave-in, e deixar secar ao natural. Todo dia de manhã a mesma luta pra sair de casa: ou eu lavo o cabelo, ou eu molho TODO o cabelo, aí claro, tenho que lavar no mínimo dia sim dia não. Ou quando tá muito frio tipo hoje, a única forma de sair de casa sem ter que lavar ou molhar, é puxar tudo pra cima, prender e passar uma "mãozinha com creme" pra abaixar. Fica AQUELA bosta, mas tem dia que NÃO DÁ.


se alguém mexe no meu cabelo, arma
se colocar uma touca e tirar, arma
ao acordar, não tem como aparecer em público antes de todo ritual pra arrumar. é isso ou sair parecendo um espantalho
e claro que depois de todo o ritual, ainda tem que ter todo aquele cuidado durante o dia, senão já sabe, é igual bandido: ou tá preso ou tá armado.

odeio ele mais ainda quando eu viajo, se viajo a noite e vou dormindo confortavelmente no ônibus, é certeza que vou chegar no destino parecendo um espantalho, e chegando lá vou ter que: ou prender e deixar uma merda, ou molhar/lavar, passar creme, pra que ele fique mínimamente decente quando secar. E geral acorda cedo pra desfrutar da viagem, e todas aquelas pessoas com o cabelos mais prático do mundo do mundo, passam um um pentinho ou nem isso e o cabelo tá beleza, e e eu tenho que correr pro chuveiro pra dar um jeito na piruca e ainda tenho que sair de cabelo molhado. ARGGGGGGG.


e se algum dia saio de casa com pressa e não ajeito o cabelo direito, passo o dia todo me sentindo com uma vassoura de palha na cabeça, uó.


eu odeio meu cabelo.

PRONTO DESABAFEI.

2 comentários:

.Intense. disse...

Todo mundo fala que cabelo com cachinhos é lindo e bla bla bla e, eu tb gostava dos meus. Mas sabe que foi exatamente por isso que resolvi aderir ao liso?

Achava um saco ter q acordar mto mais cedo do que o horário de ir trabalhar, pra lavar a cabeça - pq senão não penteava, ou virava o Bozo. Daí se eu saísse e tivesse ventado: PUF, armava. Se estivesse garoando, PUF. Se o cabelo não curtiu o leave-in, PUF. Se eu fizesse qualquer atividade de dia que demandasse correr, sacudir mto a cabeça, vestir touca/chapéu/boné, PUF. O jeito depois era juntar tudo num coque - e eu não me sentia nem um pouquinho bonita com ele todo preso, minha testa gigante...aff. Depois da moto ficou 1488 vezes pior, imagina tudo junto: vento, capacete, cabelo rebelde...AAAAAAAAAAAAAAAAH.

A única coisa boa é que qdo tinha alguma festa ou sei lá, eu fazia uma escova e, pronto: visual novo. Agora parece que eu vivo com a mesma cara sempre, mas acabou esse pesadelo. Nos piores dias se ele estiver mto badernado e eu sem vibe pra chapinha ou secador, faz-se um rabo. Até o coque fica mais bonito.

Mas são cabelos e cabelos né. Eu desisti do meu, às vezes sinto saudade...mas não penso em voltar. E vc?

;)

Anamyself disse...

Poxa, Bel. Como parte do mundo dos cacheados até muito recentemente, te entendo muito.

Mas o meu cabelo sempre teve uma coisa estranha: quanto mais tempo sem lavar, melhor. Lavar era a maldição. Nem que eu colocasse um pote de leave-in inteeeeeiro ele deixaria de armar no primeiro dia pós-lavagem. Mas se eu ficasse uns 3 dias sem lavar o cabelo, ele ficava lindo, brilhante e "educado".

Mas esse lance das viagens tb me incomoda pra cacete. Fora o fato de a necessaire das cacheadas ser bem maior, né.

Por essas e outras sempre mantive meu cabelo médio/longo. Se ele secava e armava (sempre), fazia um coque, uma trança, um rabo de cavalo até ele se acertar. Quebrar fios? Foda-se.

Mas aí me rendi à escova progressiva, e sou uma pessoa bem mais feliz. Meu cabelo não fica liso mesmo, e é disso que gosto. Ele fica ondulado, com um certo volume mas não tanto, brilhaaaante, desembaraçado... #bênção