quinta-feira, 21 de abril de 2011

Tô fora!

Daí que ontem o pessoal lá do trampo estava agitando pra ir no hopi hari hoje, e quando me chamaram, a resposta foi imediata: nem por um caralho cravejado de brilhantes.

Pra começar os ingressos pra entrar lá estão custando R$ 80, OITENTA, gente, que absurdo. A última vez que fui paguei 35 ou 39, e já não achava barato, 80 é pra fazer qualquer um desistir...

Ai a cálega perguntou: - Mas você não vai pelo preço?

Não, não é pelo preço que não vou. É pra não passar 1 dia inteiro andando (ou melhor, parada em filas) debaixo de um sol torrencial na minha testa, pra conseguir andar só em 4 ou 5 brinquedos.

É pra não ter que ficar mais de 1 hora na fila pra comprar aquele lanche horrível que eles vendem lá, e ainda ter que partilhar com as abelhas.

Adoro os brinquedos, adoro mesmo, mas da última vez que fui  lá, foi tanto sol, tanta fila, que voltei sem vontade de voltar por um bom tempo, e a vontade ainda não voltou.

Não é questão de gastar, mas tou velha e ranzinza, se fosse de graça eu ainda ia pensar duas vezes se devia ir. Meu corpo clama por conforto..

2 comentários:

teresa fur disse...

Iiiiiiiiiih, to nessas também amiga, penso 10x antes de entrar em algo q corra o risco d n ter o mínimo d conforto...

velhice detected ahahahha

bj

Anamyself disse...

"nem por um caralho cravejado de brilhantes"
HAHAHAHAHAAAHAHHAAHAHAHAHAHAH

Pô, nunca fui no Hopi Hari. Sou pobre, sempre fui no Playcenter. Que além de completamente entupido, também, é lotado de manos da Z/L que vão pro Playcenter como se fossem pra balada, com a missão de pegar gente nas filas.

Credo.
Antro.

Também não tenho mais idade pra isso.