quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Na terra dos Fritz's!

Enfim, depois de tantos "Vamos" "Não vamos", acabei parando lá na terra dos Fritz (vulga Blumenau) o último fim de semana/feriado. Como queriamos aproveitar tanto a Oktoberfest (Blumenau) quanto a praia, (Bal. Camboriú) nos hospedamos em Balneário Camboriú.

Saimos (eu e dona @PaullaVillas) do terminal Tietê sexta-feira a noite, onde tomei 3 long necks mágicas e fiquei tontassa, hiiip! Depois de um baitaaaaa trânsito, chegamos pela manhã em Balneário Camboriú, onde , já no Hostel Rezende, nos encontramos com a @Teresafur, que foi de Porto Alegre.
O Hostel Rezende, como todos os hosteis em que já me hospedei, é muito bacana e tem uma regalias que estãos mais pra hotel do que pra hostel: toalha, sabonete, frigobar etc - tudo isso por precinho de Albergue, pagueii, ãhnn, R$ 34 pela diária (em quarto triplo, que dividi com as meninas).
O café da manhã é ótimo, o pessoal do staff é bacana, tem cozinha compartilhada, luggage room , internet e tudo mais. Por incrível que pareça, só conhecemos paulistas naquele hostel, só galera que tinha ido pra Oktober. De quebra ainda descobri lá um amigo de um amigo! esse mundo é uma laranja!
Ficamos em camboriú no comecinho da tarde, passeamos e almoçamos a beira mar, aí voltamos pro hostel pra nos aprontarmos e rumar pra Blumenau. Saímos da rodoviária umas 16hs, pq queriamos chegar a tempo pro desfile no centro de Blumenau - não deu muito certo, pegamos trânsito na entrada da cidade e no fim chegamos no finalzinho do desfile, mas ainda deu pra curtir um pouco.
Eu confesso que nem estava dando bola pra ver o desfile. Mas gente, é simplesmente LINDO. Sério mesmo. Vou até confessar, não sei o que me deu, mas meus olhos até marejaram de água. NÃO sei o que me deu, mesmo! mas enfim, é lindo demais toda aquela movimentação em torno de um bem comum: A cerveja. Merece muito ser visto.
Daí depois do desfile demos umas voltas no centro de blumenau, que fica super animado com vários grupos de pessoas vestidas a carater, tocando marchinhas alemãs, bebendo e fazendo farra. Um barato mesmo. É quase impossível tirar uma foto individual lá, quando posamos pra foto, junta uma galera ao redor pra aparecer na foto, hahaha. Aí também começa a vibe micareta, sempre tem um que tenta te agarrar, isso é foda.
Depois fomos pra Vila Germânica, onde rola a festa. Chegamos hiper cedo, mas foi aí que deu pra aproveitar, porque depois de meia-noite o lugar ficou ENTUPIDO de gente.
Cabe mencionar que na Vila germânica a vibe micareta fica mais acesa ainda. É IMPOSSÍVEL andar mais de 200 metros sem ser assediada, sério mesmo, e nem faz diferença se você é baranga. É uma micareta do sul, totalmente. Pra se ter idéia, há displays de camisinha free nos banheiros. Não preciso falar mais nada, né?
Mas eu me mi amicas somos comportadinhas e voltamos sem beijar [/orgulho].
Nessa vibe selvagem nón rola, sério mesmo. Ainda mais lá pro meio da festa em que só tinha nego bêbado.
Antes da super lotação:

Depois:
Só tinha 120 mil pessoas lá no último sábado. Só.
Mas apesar dos pesares, deu pra aproveitar (pelo menos até onde eu conseguia sentir meus pés).
Ficamos até as 6 em Blumenau e pegamos o primeiro ônibus pra Balneário Camboriú. Domingo fez um dia LINDOOO, que perdemos dormindo. Lamentável.
Segunda-feira amanheceu na chuva, e por um momento pensamos que fossemos perder a tarde toda em virtude disso, mas ela deu uma trégua e conseguimos fazer o passeio de teleférico que é realmente IMPERDÍVEL. Infelizmente minhas fotos não ficaram muito boas pois o tempo estava horroroso, mas da pra ter uma ideia de como o passeio é foda, e a praia de Laranjeiras linda de viver.
Foto do mirante porque ambiental (parada do teleférico) - praia de laranjeitas ao fundo.

Teresa fotografando o Jack, rsrs
Depois foi voltar pra casa. Ainda estou na deprê pós viagem, sério mesmo. Não é admissível que eu esteja aqui, passando raiva no trabalho e querendo matar meio mundo, enquanto há uma praia cheia de amor em Santa Catarina.
Tou deprê. FIM.
*Esse post está um merdê, sem um pingo de humor e cheio de erros de português. Relevem.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Gafes

O último pois que comecei a escrever narrava a coisa bizonha que foi minha colação de grau, mas aí deu pau no navegador e perdi quase tudo, desisti de postar. Desde então venho protelando pra escrever aqui, mas hoje merece.

Escreve aqui a Rainha das gafes, muito prazer. Hoje cometi uma, TREMENDA.

Ontem mandei um e-mail pra pousada onde vou me hospedar no feriado, questionando o preço de um passeio que quero fazer.
O cara me respondeu educadamente, só que o valor era 2x mais do que fazendo o mesmo passeio por conta própria.

Respondi: "Que preço absurdo, estou passada!"









Não, eu não pretendia responder isso à ele. Eu ia era encaminhar o e-mail pra @paulavillas e @teresafur

Recurso "undo" do gmail, te dedico.