quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

FÉRIAS

Agora sim, estou oficialmente de férias! Amanhã estou embarcando para o território inimigo, também conhecido como Argentina.

Estou fazendo essa viagem da forma mais alternativa possível – não contratei nenhum pacote da CVC, nenhum intercambio da STB ou coisa do tipo. Acessei o fórum dos mochileiros e de lá tirei toda a minha inspiração. O Lema é o seguinte: Conhecer a maior quantidade de lugares possíveis gastando a menor quantia possível.

Pois bem, com 20 dias não dava pra programar um tour pela américa latina e nem por toda Argentina, considerando que eu não quero apenas PASSAR nos lugares, eu quero conhecê-los de fato. Pesquisei horrores e achei conveniênte conhecer Buenos Aires (ponto de chegada e partida do meu percurso) e combinar com alguma outra região.

Com o guia O Viajante, do Zizo Asnis, decidi que conheceria, além de Buenos Aires, a região do Aconcágua. Primeiro porque sou chata pra caraleo e não queria fazer aquele roteiro tradicional que todo brasileiro faz: Buenos Aires + Bariloche, então resolvi fazer o segundo roteiro tradicional que todo brasileiro faz: Buenos Aires + Aconcága.

O que me atraiu no aconcágua (além de tomar muito vinho na faixa, nas vinícolas de Mendoza) é o fato de estar aos pés das Cordilheira dos Andes. O monte aconcágua é só o ponto mais alto da américa latina, dizem que a sensação é de estar no teto do mundo, hehe.

Na mesma região, encontra-se alguns povoados praticamente incrustados entre as montanhas, Uspatallata e Puente del Inca, que apesar de isolados, me parecem bem interessantes.
E aindaaaaa, tem os parques nacionais ao norte de Mendoza, que foram declarados patrimônio da humanidade pela Unesco. São Eles: Parque nacional do Ischigualasto, também conhecido como "Valle de la Luna", pois dizem que a constituição rochosa da região deixa um aspecto bem semelhante a lua, e o Parque Nacional Talampaya com seus cânions, conhecido pela riquesa arqueológica e paleontológica.

Enfim, se os planos não mudarem, é por aí que estarei nas próximas semanas.......e se, a Argentina não for uma terra de boçais, e eu com meu portunhol sobreviver, passo aqui pra atualizar semana que vem.

Feliz Ano Novo, muchachas!